Com criar uma campanha RSS

Com criar uma campanha RSS


Você tem um blog em seu site? Gostaria de enviar uma campanha para seus assinantes com as postagens que você publica e também que isso seja automático, para que você não precise fazer nada?

Desde a versão 2, a Mailrelay suporta o envio automático de newsletters a partir de um feed RSS, como o gerado pelo WordPress ou por alguns serviços web.

 E agora, na versão 3 da Mailrelay, ampliamos os recursos desse tipo de campanha de email marketing.

Agora você pode até mesmo adicionar um feed RSS do Youtube.

Você acha isso interessante?

Vamos revisar essa funcionalidade e ver os novos recursos disponíveis.


ÍNDICE

Email marketing gratuito e automático para seu blog do Wordpress


Primeiro, vamos examinar a funcionalidade básica.

Se você tiver um site do Wordpress, por exemplo, poderá obter seu feed RSS com bastante facilidade.

 

Em nosso site ou blog, clicamos com o botão direito do mouse, onde veremos uma opção que indica: Exibir código-fonte da página.



Se clicarmos nessa opção, veremos o código-fonte do nosso site ou blog.

Não se preocupe, só precisamos procurar o texto que indica RSS:


Quando você clicar no link, ele o levará para outra página, que é a página do feed RSS, você pode copiar essa URL, que é a que você vai usar na Mailrelay.

No caso do nosso blog, por exemplo, é este aqui:

https://blog.mailrelay.com/pt/feed

NOTA: Se o seu site estiver em modo de manutenção, o feed não estará acessível. Além disso, alguns plugins geram problemas no feed, portanto, acesse-o manualmente para se certificar de que tudo está funcionando corretamente.

Bem, normalmente, o feed será atualizado a cada novo post que você publicar, e com a Mailrelay você pode configurar o sistema para enviar um email a cada novo post publicado

Newsletters - Newsletters RSS

A primeira coisa a fazer é ir ao menu Newsletters>>Newsletters RSS



En dicha opción de menú, añadiremos un nuevo boletín RSS desde +Añadir y después pulsa en Crear boletín:



Nessa opção, adicionaremos uma nova newsletter RSS em +Adicionar e, em seguida, clicaremos em Criar newsletter:



Bem, agora veremos algumas das principais opções para enviar campanhas RSS.


  1. Assunto: A linha de assunto da newsletter, o que nossos contatos verão quando a campanha for enviada.
  2. Pré-visualizar texto: um texto previsualizado que os contatos verão quando receberem a newsletter.
  3. Remetente: o remetente da newsletter.
  4. Grupos ou segmentos: para quem a newsletter será enviada.
  5. URL: a url do feed RSS
  6. Número de entradas: o número de entradas a serem incluídas em cada newsletter.
  7. Frequência: com que frequência a newsletter será enviada (diariamente, semanalmente, até mesmo manualmente).


Vamos ver como seria um exemplo real:



Com isso, já teríamos a configuração feita, mas temos de preparar o newsletter, o que faremos agora.

Importante! Mostrar o título da postagem na linha de assunto

Se quisermos mostrar o título da publicação diretamente na linha de assunto, basta escrever esta tag na caixa de assunto:


{{ first_rss_entry.title }}


Você pode misturar a tag com outro texto, por exemplo:

Última entrada:{{ first_rss_entry.title }}


Dessa forma, podemos exibir o título da entrada junto com algum texto para personalizar ainda mais a linha de assunto.


Preparação de uma newsletter RSS para enviar uma campanha de email marketing


Para começar a preparar a newsletter, ela pode ser criada usando este layout:



A caixa de texto que está marcada é a que usaremos para incorporar as tags necessárias para a campanha  RSS.


Clicamos e selecionamos todo o texto para excluí-lo:



Após a exclusão, usaremos o menu suspenso Variáveis:



Essas variáveis nos permitirão incorporar todos os elementos necessários para que nossa newsletter RSS funcione corretamente.

O que precisamos principalmente é de um Loop para as entradas de RSS (é necessário pelo menos um):




Essa variável inserirá a estrutura básica essencial sem a qual os emails RSS não podem funcionar.

Funciona mais ou menos assim:



A parte inicial {% rss_loop %} e a parte final {% endrss_loop %} nunca devem ser excluídas, embora você possa colocá-las em várias caixas de texto, o importante é que o restante das tags esteja incluído entre estas duas.

A outra tag {{ rss_entry.title }} é a tag que será substituída pelo título da entrada.

Podemos, por exemplo, adicionar o resumo da entrada:




OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: verifique suas configurações de RSS. A disponibilidade das tags de RSS depende diretamente das configurações de RSS de seu blog ou site.

Portanto, se o RSS de seu site não tiver a tag de resumo, ele não será exibido. Ou, se o resumo em seu feed incluir o artigo completo, é o artigo que será exibido no lugar do resumo.

Verifique primeiro as configurações de seu feed para ter certeza do que está disponível.



Podemos ver que, se inserirmos o URL da entrada desta forma:



Usando essa variável, o que obteremos no final é uma URL simples, não um link.

O que devemos fazer então para criar o link corretamente?

Primeiro, copie ou recorte a seguinte tag {{ rss_entry.url }}:



Em seguida, digite o que quiser, por exemplo, leia mais, ou algo do gênero, e use o ícone de link:



Isso abrirá uma janela pop-up como a seguinte:



Nela, temos que inserir dois valores:


1. Protocolo: escolheremos a opção other (outro).

2. URL: escreveremos ou colaremos a tag {{ rss_entry.url }}


Com isso, a caixa de texto ficará mais ou menos assim:



Basicamente, são três tags.

Embora ainda tenhamos algumas coisas a fazer, a newsletter já está tomando forma.


Inserindo uma imagem nas entradas RSS


Inserir uma imagem na newsletter  RSS é um processo muito semelhante ao da inserção do link.



Na lista suspensa de variáveis do editor, escolheremos a variável URL no bloco Imagem.

Isso inserirá a variável {{ rss_entry.image.url }} no editor de texto.

Como antes, recorte ou copie essa tag.

Em seguida, clique no ícone de inserção de imagem:



Na janela pop-up que será exibida em seguida, temos de inserir a tag {{ rss_entry.image.url }} da seguinte forma:



IMPORTANTE: neste momento, a imagem não será exibida no editor, mas poderemos vê-la quando a campanha for enviada. Lembre-se também de que é necessário que no RSS do seu blog haja imagens disponíveis; se não houver imagens, o sistema não terá como enviá-las. Às vezes, não há imagens disponíveis no feed, mesmo que haja imagens disponíveis no artigo.


Na lista de newsletters RSS, temos as seguintes opções:


Já temos as tags básicas prontas, agora podemos, antes de enviar a newsletter, enviar um teste para ver se tudo está funcionando como esperado.

Na lista de newsletters RSS, temos as seguintes opções:



Na lista de newsletters RSS, temos as seguintes opções:


Se você clicar no ícone da lupa (o ícone azul) você verá uma pré-visualização da campanha diretamente no seu painel de controle da Mailrelay.

E se quisermos enviar um teste, podemos clicar no ícone verde de email.

Isso nos levará para a próxima tela:



Se enviarmos um teste dessa newsletter para o Gmail, por exemplo, poderemos ver o seguinte resultado:



Como você pode ver neste exemplo, todas as tags foram substituídas pelos valores da entrada.

Lembre-se sempre de enviar um teste antes de enviar uma campanha para uma lista de emails, para ver como será o resultado da newsletter.


Outros tipos de feed, por exemplo, Youtube


Em vez do feed do seu site do WordPress, você pode incluir outros feeds, como o feed do YouTube, que usa uma URL semelhante a seguinte:


https://www.youtube.com/feeds/videos.xml?channel_id=ID_DE_TU_CANAL


Você pode ver como pesquisar o ID do seu canal aqui.

No entanto, esteja ciente de que há algumas limitações para este tipo de feed, por exemplo, ele não mostra o resumo ou a imagem.

Mas você pode colocar o título e o link para seus vídeos.

Dessa forma, você pode compartilhar seus vídeos com sua lista de assinantes com muito pouco esforço.



Este artigo foi útil?

Que bom!

Obrigado pelo seu feedback

Desculpe! Não conseguimos ajudar você

Obrigado pelo seu feedback

Deixe-nos saber como podemos melhorar este artigo!

Selecione pelo menos um dos motivos

Feedback enviado

Agradecemos seu esforço e tentaremos corrigir o artigo